/* Subnav Menu ------------------ */ /*-- container geral do menu--*/ ul#topnav { margin: 0; padding: 0; float: left; width: 100%; /*-- se quiser edite a largura total do menu --*/ list-style: none; position: relative; font-size: 1.2em; /*-- edite tamanho da fonte--*/ background: #000; /*-- edite cor de fundo--*/ } /*-- itens das listas--*/ ul#topnav li { float: left; margin: 0; padding: 0; border-right: 1px solid #555; /*--edite borda--*/ } /*-- links dos itens das listas --*/ ul#topnav li a { padding: 10px 15px; display: block; color: #fff; /*-- edite cor dos links --*/ text-decoration: none; } /*-- links dos itens das listas no modo hover --*/ ul#topnav li a:hover { color:#ccc; /*-- edite cor dos links --*/ } /*-- item da lista no modo hover--*/ ul#topnav li:hover { background: #1376c9 ; /*-- edite cor de fundo--*/ } /*-- item da lista do submenu--*/ ul#topnav li span { float: left; padding: 15px 0; position: absolute; left: 0; top:35px; display: none; width: 100%; background: #1376c9; /*-- edite cor de fundo do submenu--*/ color: #fff; /*-- edite cor dos links do submenu--*/ /*--bordas arredondadas a direita--*/ -moz-border-radius-bottomright: 5px; -khtml-border-radius-bottomright: 5px; -webkit-border-bottom-right-radius: 5px; /*--bordas arredondadas a esquerda--*/ -moz-border-radius-bottomleft: 5px; -khtml-border-radius-bottomleft: 5px; -webkit-border-bottom-left-radius: 5px; } /*-- item da lista do submenu no estado hover--*/ ul#topnav li:hover span { display: block; } /*-- links do item da lista do submenu--*/ ul#topnav li span a { display: inline; color:#ccc; /*-- edite cor dos links do submenu --*/ } /*-- links do item da lista do submenu no modo hover--*/ ul#topnav li span a:hover { text-decoration: underline; color:#000; /*-- edite cor dos links do submenu no estado hover --*/ } APPVR - Associação dos Portadores de Parkinson, Esclerose Múltipla e Avc de Volta Redonda/* Subnav: Outubro 2008 /* Subnav Menu ------------------ */ /*-- container geral do menu--*/ ul#topnav { margin: 0; padding: 0; float: left; width: 100%; /*-- se quiser edite a largura total do menu --*/ list-style: none; position: relative; font-size: 1.2em; /*-- edite tamanho da fonte--*/ background: #000; /*-- edite cor de fundo--*/ } /*-- itens das listas--*/ ul#topnav li { float: left; margin: 0; padding: 0; border-right: 1px solid #555; /*--edite borda--*/ } /*-- links dos itens das listas --*/ ul#topnav li a { padding: 10px 15px; display: block; color: #fff; /*-- edite cor dos links --*/ text-decoration: none; } /*-- links dos itens das listas no modo hover --*/ ul#topnav li a:hover { color:#ccc; /*-- edite cor dos links --*/ } /*-- item da lista no modo hover--*/ ul#topnav li:hover { background: #1376c9 ; /*-- edite cor de fundo--*/ } /*-- item da lista do submenu--*/ ul#topnav li span { float: left; padding: 15px 0; position: absolute; left: 0; top:35px; display: none; width: 100%; background: #1376c9; /*-- edite cor de fundo do submenu--*/ color: #fff; /*-- edite cor dos links do submenu--*/ /*--bordas arredondadas a direita--*/ -moz-border-radius-bottomright: 5px; -khtml-border-radius-bottomright: 5px; -webkit-border-bottom-right-radius: 5px; /*--bordas arredondadas a esquerda--*/ -moz-border-radius-bottomleft: 5px; -khtml-border-radius-bottomleft: 5px; -webkit-border-bottom-left-radius: 5px; } /*-- item da lista do submenu no estado hover--*/ ul#topnav li:hover span { display: block; } /*-- links do item da lista do submenu--*/ ul#topnav li span a { display: inline; color:#ccc; /*-- edite cor dos links do submenu --*/ } /*-- links do item da lista do submenu no modo hover--*/ ul#topnav li span a:hover { text-decoration: underline; color:#000; /*-- edite cor dos links do submenu no estado hover --*/ }

quinta-feira, 30 de outubro de 2008

Disposições diante da vida com a Doença de Parkinson

1. Em vez de só pensar no que perdi por que não posso pensar no que posso ganhar?
Olhar a DP como oportunidade de novas aprendizagens.
2. Em vez de achar que a DP me tornará um inútil por que não descobrir novas formas de ser útil?
Olhar a DP como uma oportunidade de ensinar coisas aos outros.
3. Em vez de só querer viver como antes por que não descobrir novas possibilidades?
Olhar a DP como uma oportunidade de aprimoramento pessoal.
4. Em vez de fixar-me nas dificuldades de movimento e voz porque não descobrir formas de otimizar os efeitos dos medicamentos com exercícios e atitudes positivas?
Olhar meu corpo como um aliado.

segunda-feira, 27 de outubro de 2008

Procedimentos para acesso ao tratamento gratuito da Doença de Parkinson na Rede Pública, em Volta Redona:

Entregar na POLICLÍNICA DA MELHOR IDADE (ao lado Estádio Raulino), as XEROX dos documentos abaixo relacionados, mais ALTURA e PESO:
CPF;
Carteira de Identidade;
Comprovante de residência;
Cartão do SUS;
Receita do seu médico;
Laudo Clínico emitido pelo seu médico, com CID da doença.
Na POLICLÍNICA DA MELHOR IDADE, marcar consulta com o Neurologista.
No dia da consulta será emitida uma LME, uma RECEITA e um LAUDO, em papel timbrado do SUS. Pegar a LME, a Receita, o Laudo, o cartão do SUS, e as Xerox do comprovante de residência, da Identidade e do CPF e levar na Farmácia Municipal (atrás do Royal do Aterrado) e entregar na sala de Medicação de Alto Custo (do Estado).
Após protocolar a documentação será enviada à SES-RJ (Secretaria Estadual de Saúde no Rio de Janeiro), para avaliação e cadastro.

A resposta leva em torno de 40 dias.

sábado, 25 de outubro de 2008

Nova frente de trabalho.

No dia 21 deste mês procuramos o Sr. Prefeito de Volta Redondo, na busca de um espaço onde pudéssemos estar desenvolvendo atividades durante o dia, pois várias pessoas têm dificuldades de ir as nossas reuniões, nas 6ª feiras, as 19:00, na Moderna Mega Store, que disponibiliza a sala onde nos reunimos.
Fomos atendidos prontamente com um espaço, também as 6ª feiras, de 13:00 as 17:00 horas, na Policlínica da Melhor Idade (ao lado do Raolino), onde faremos cadastros, daremos informações sobre como conseguir os medicamentos pela rede pública e sobre a doença.
Na última 4ª feira de cada mês, as 14:00 horas, serão realizadas também na Policlínica palestras para os portadores de Parkinson, familiares e cuidadores, sempre com temas relacionados à doença.
Nosso trabalho é dirigido aos portadores de Parkinson, familiares e cuidadores. Todos serão sempre bem vindos, na Policlínica ou na Moderna Mega Stores.

terça-feira, 21 de outubro de 2008

Vamos viver melhor.?

A Doença de Parkinson por ser uma patologia progressiva e degenerativa desenvolve nos pacientes e seus familiares um impacto emocional ao primeiro informe sobre a existência desta enfermidade. Entretanto, costuma-se haver uma boa adaptação dos pacientes a essa nova realidade de suas vidas. Atualmente, existem inúmeros tratamentos que garantem aos pacientes uma longevidade semelhante à que teriam e uma vida normal por longos anos.
É importante lembrar e compreender que, ainda, não existe cura para a doença. Porém, esta patologia pode e deve ser tratada, não apenas combatendo os sintomas, como também retardando o seu progresso. Assim sendo, a grande “arma” da medicina hoje para combater o Parkinson consiste nos remédios e cirurgias, além da fisioterapia, a terapia ocupacional e a fonoaudiologia, entre outros profissionais, pois através da atuação de uma equipe multidisciplinar é possível proporcionar ao paciente uma boa qualidade de vida, funcionabilidade e auto-estima.

Fonte: www.fisioweb.com.br

segunda-feira, 20 de outubro de 2008

Neuróbica

NEUROBICA é um termo novo criado para definir os exercícios mentais associando aos exercícios físicos, porém ele vai muito mais além e é um termo que abrange atividades bastante amplas para os indivíduos em geral. Os exercícios da NEURÓBICA usam os cinco sentidos de novas maneiras, a fim de aumentar o impulso natural do cérebro para formar associações entre diferentes tipos de informações.Para se entender melhor o que vem a ser AS ATIVIDADES NEUROBICAS veja a relação de alguns exercícios neuróbicos dos muitos que existem:
Ø Mude a associação olfativa pela manhã com alguma coisa diferente do café fresco, durante uma semana: baunilha, limão, hortelã ou alecrim.
Ø No chuveiro, feche os olhos e encontre os objetos necessários pelo tato.
Ø Escove os dentes com a outra mão.
Ø Leia em voz alta com o parceiro. Alternem os papéis de leitor e ouvinte.
Ø Siga por um percurso diferente para o trabalho (procurando captar sons, odores, cores, formas).
Ø Use odores para formar uma associação específica com um lugar.
Ø Use uma essência aromática de seu gosto e ouça ao mesmo tempo uma canção predileta.
Ø Em sua sala de trabalho, mude as coisas de lugar para reativar as redes de aprendizado espacial. Lembre-se de que a rotina embota o cérebro (grifo nosso).
Ø Ponha filtros ópticos de cores diferentes na lâmpada de sua mesa.
Ø Associe aromas às tarefas.
Ø Aprenda Braille.
Ø Jogue xadrez (grifo nosso). (Aqui os autores relatam o caso de um escritório onde foi colocado um tabuleiro de xadrez ao lado do bebedouro. Qualquer empregado, durante uma pausa, podia ir até o tabuleiro, avaliar a situação e fazer um movimento. Era um jogo permanente, sem jogadores conhecidos, sem vencedores ou ganhadores).
Ø Visite uma feira-livre.
Ø Faça das refeições um acontecimento social (sem rádio, nem TV, com todos assentados à mesa, talvez antecedidas por uma oração).
Ø Troque de lugar nas refeições.
Ø Uma vez por mês, experimente pratos que sejam uma total novidade para você.
Ø Conheça novos lugares, novos rostos.
Ø Aprenda a linguagem dos sinais.
Ø Inicie um novo hobby (pesca, aeromodelismo, computador, instrumento musical, prancha de windsurf, etc.)
Ø Cultive um jardim.
Ø Seja criativo, participando de uma oficina de criação (redação, pintura, fotografia, escultura, música, arte dramática, arqueologia, etc.) ou de centro esportivo (tênis, natação, golfe, mergulho submarino, basquete, futebol, montanhismo, etc.) ou faça um curso de culinária.
Percebe que estes exercícios visam estimular e criar novas redes de conhecimentos dentro do cérebro evitando o comodismo que é acostumado a impor a nossas ações. É a busca do novo, a ampliação das ações corporais sensitivas, táteis, auditivas, gustativa e visual melhorando consideravelmente nosso estilo de vida e nossos pensamentos juntamente com as atividades físicas..

domingo, 19 de outubro de 2008

Medicamentos para Mal de Parkinson serão distribuídos pelo SUS

De acordo com os critérios técnicos estabelecidos pelo Ministério da Saúde (Portaria n.º 2.577, de 27/10/2006 DOU n.º 216, de 10/11/2006, Seção 1.p 51 a 66), o Sistema Único de Saúde (SUS) distribuirá, gratuitamente, todos os medicamentos existentes no mercado brasileiro para o tratamento do Mal de Parkinson.

Auto Estima

"Se um dia alguém fizer com que se quebre a visão bonita que você tem de si, com muita paciência e amor reconstrua-a.
Assim como o artesão que recupera a sua peça mais valiosa que caiu no chão, sem duvidar de que aquela é a tarefa mais importante, você é a sua criação mais valiosa.
Não olhe para trás. Não olhe para os lados. Olhe somente para dentro, para bem dentro de você e faça dali o seu lugar de descanso, conforto e recomposição.
Crie este universo agradável para si e seja feliz.
O mundo agradecerá o seu trabalho."

Primeiros sintomas do Parkinson

A doença é a degeneração do gânglio da base, uma das regiões do cérebro, e acomete, principalmente, pessoas acima dos 60 anos. O problema não tem causa conhecida e nem cura, mas o tratamento envolve a combinação de medicamentos e sessões de fisioterapia. Os sintomas a seguir podem ser isolados ou combinados entre si:1 - Tremor de repouso: Ocorre quando a pessoa está parada e diminui ou até desaparece assim que algum movimento voluntário é feito. 2 - Rigidez muscular: O aumento da tensão normal dos músculos por conta da doença provoca a limitação dos movimentos.3 - Bradicinesia: Os movimentos se tornam lentos, principalmente os realizados em atividades rotineiras, como andar, pegar um objeto, entre outras.4 - Alteração postural: A pessoa tende a curvar a cabeça e o tronco para a frente.5 - Marcha prejudicada: O caminhar fica mais lento.6 - Hipominicia: Perda da expressão facial e da reação a estímulos externos.7 - Alteração da voz: A fala torna-se baixa.

O começo

É o começo de mais um espaço da APPVR. Que saibamos usá-lo para o seu crescimento!